Saiba o que a nutricionista Geórgia Bachi tem a dizer sobre Whey Protein

Muito se fala a respeito de suplementos (principalmente o Whey Protein) e seus benefícios à saúde, como tomar, quem deve tomar, etc. Mas você já parou para ouvir a opinião sobre Whey Protein de uma Nutricionista especialista no assunto?

Geórgia Bachi

O que é Whey Protein?

A proteína do soro do leite, internacionalmente conhecida como Whey Protein, de todas as proteínas existentes é a de maior qualidade disponível, e seus efeitos benéficos à saúde são mundialmente reconhecidos. O soro de leite em si é extremamente comum. A maioria das pessoas provavelmente está fazendo uso do Whey Protein desde a sua infância, pois é aproximadamente 20% da proteína encontrada no leite de vaca, o que corresponde a um valor entre 4 e 6 gramas da proteína por litro de leite. Porém, em quantidades significativas para a saúde, essa proteína só é encontrada nos suplementos alimentares desenvolvidos em laboratórios, em que é extraída de maneira mais pura. Isso ocorre porque as proteínas existentes no leite bovino não são completamente potencializadas quando encontradas nessa condição natural. Portanto, a purificação realizada pelas indústrias tem como intenção obter a proteína potencialmente pura, formando um produto de superior e efetiva qualidade.

As proteínas do soro são extraídas da porção aquosa do leite gerada durante o processo de fabricação do queijo. Quando o leite é tratado, a caseína coagula, deixando o soro na superfície. A partir desse estágio, diversos processos determinarão a qualidade final dessa proteína. Durante o processamento do suplemento, a gordura e a lactose são filtradas e separadas para se fazer uma proteína mais concentrada, com menos carboidrato e menor teor de gordura.

Proteína do Soro de leite

A pureza do Whey Protein, localizado no comércio na forma de suplementos alimentares, varia de 35% a 95%, sendo o restante composto essencialmente de resquícios de gorduras e carboidratos. Para uma concentração maior de proteínas, são necessários processos de microfiltragem, o que demanda um custo mais elevado. Em média, para a fabricação de 1 quilo de queijo, são necessários 10 litros de leite, levando à produção de 8 a 9 litros de soro.

Quantos tipos de Whey Protein existem?

Existem, basicamente, três tipos principais de Whey Protein, cada um reflete um grau diferente de filtragem e processamento. São eles: concentrado, isolado e hidrolisado.

Tipos de Whey Protein Concentrado Isolado Hidrolisado

  • Whey Protein na forma concentrada: Essa fase de proteína de soro de leite passa por um processamento mínimo, é feita com processos de filtração suave que criam um suplemento que varia de 35% a 80% de proteína, com o restante constituído por carboidratos e gordura.
  • Whey Protein na forma isolada: Essa fase é feita com maiores tempos de filtragem ou de tipos adicionais de processamento. Devido ao processamento adicional, a proteína de soro de leite isolada, muitas vezes, tem concentrações de proteína superiores a 90%, com resquícios mínimos, algumas vezes nulos, de gordura e carboidratos, o que a torna consumível até mesmo para algumas pessoas que possuem intolerância à lactose. A forma pura e isolada altera também sua velocidade de absorção, que passa a ser mais elevada do que a versão concentrada.
  • Whey Protein na forma hidrolisada: É a mais altamente processada de todas as proteínas do soro de leite e, consequentemente, a forma mais nobre encontrada atualmente. É produzida por meio de um processo de hidrólise da proteína de soro de leite no qual há quebra das cadeias mais longas dessa proteína em fragmentos menores, chamados de peptídeos. Esse processo pré-digere a proteína, tornando-a pronta para o nosso organismo utilizar.

Quais os benefícios da Whey Protein?

Os primeiros estudos científicos que realmente comprovaram seus benefícios vieram nos anos 70, quando o Whey Protein se revelou eficaz no tratamento e na prevenção de flatulências, constipação e putrefação intestinal. Atualmente, seu elevado valor biológico o torna ilustre e dignamente associado a uma alimentação saudável e funcional, devido a seus peptídeos bioativos, que agem, sobretudo, como redutores da pressão sanguínea, reguladores e fortalecedores do sistema imunológico. Além disso, esses peptídeos trabalham de maneira dinâmica como agentes antimicrobianos, anti-hipertensivos, reguladores do cortisol, assim como estão vinculados ao impedimento do catabolismo muscular, proporcionando um corpo sadio não só para atletas, fisiculturistas e praticantes de atividade física. Qualquer pessoa fisicamente ativa que busque qualidade de vida, ou mesmo quem quer prevenir ou controlar alguma doença, deve recorrer aos benefícios atrelados a essa fonte proteica, que está associada à hipertrofia muscular, à redução da gordura corporal e ao desempenho físico, bem como à saúde humana de forma geral.

Vantagens do Whey ProteinPorção Whey Protein amarelo

A proteína do soro do leite, mundialmente conhecida como Whey Protein é um dos principais grupos de proteína encontrados no leite bovino. Quando o leite é transformado em queijo, o soro é filtrado e separado, tornando assim, um produto com baixo teor de lactose e gordura, resultando em uma proteína de altíssima qualidade.

Suas principais vantagens são:

  • Proteína completa: Possui boas quantidades de todos os aminoácidos que o corpo necessita diariamente;
  • Rico em BCAA: Aminoácidos de cadeia ramificada. Importantes para restaurar, reparar e reconstruir rapidamente os tecidos musculares;
  • Rápida digestão: É a proteína mais facilmente digerida e absorvida pelo corpo humano. Ultrapassando assim as demais fontes proteicas que estamos acostumados a utilizar, como: gado, frango, peixe, soja e ovos;
  • Reforça o sistema imunológico: o Whey Protein aumentará a proteção das células, tornando o organismo mais competente e eficaz no combate às infecções.

Quem pode utilizar a Whey Protein:

Qualquer pessoa pode se beneficiar dessa fonte proteica. Apenas a quantidade e frequência de uso que deverá ser analisada conforme as necessidades individuais de cada indivíduo. Pessoas fisicamente ativas, por exemplo, necessitam de um aporte maior de proteínas dia, logo, irão consumir com maior frequência, assim como, em maiores doses. Por outro lado, pessoas que não praticam atividade física, mas possuem o objetivo de emagrecer e trazer uma alimentação saudável para sua dieta atual, poderão utilizar a Whey Protein como opção de lanches. Para crianças pode ser utilizado como substituto dos famosos achocolatados, na mesma proporção; também é indicado para idosos, já que a idade avançada é um dos principais causadores de perda de massa muscular, com o uso do Whey Protein podemos manter o tecido muscular saudável e agregar proteínas de fácil consumo e digestão para o organismo.

Modo de consumo:

A forma mais comercializada do Whey Protein é em pó, que poderá ser acrescentado em inúmeras receitas; entretanto, sua forma mais habitual de consumo é em shakes (batidas). Nesse caso, a melhor opção é consumi-lo com água, pois essa forma, além de conter valor calórico reduzido, aumenta sua velocidade de absorção, é ideal para ser consumido no desjejum ou no pré e pós-treino. Como exceção para pessoas que não se adaptem ao seu gosto, ou mesmo se a ideia não é consumi-lo como rápida absorção e sim em lanches de horários variados, poderá ser utilizado leite desnatado ou extrato solúvel de soja zero, por exemplo.

Para quem quiser aprender mais sobre Whey Protein, poderá adquirir o livro abaixo:

Livro Dieta com Whey Protein de Geórgia Bachi SINOPSE:
O Whey Protein – proteína do soro do leite – é um dos suplementos mais conhecidos no mundo. Neste livro você vai ver de maneira clara e concisa os seus benefícios, além de aprender receitas fáceis de serem usadas no seu dia a dia. Se você acha que o Whey Protein é destinado exclusivamente a atletas, vai se surpreender – aqui você vai entender por que sua utilização deve ser feita por todos que buscam qualidade de vida, até mesmo crianças, gestantes e idosos.
Versão digital do livro Dieta com Whey Protein

 Sobre a autora Geórgia Bachi

  • Mestranda em Nutrição e Alimentos pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos);
  • Aperfeiçoamento em nutrição aplicada à estética pelo IPGS;
  • Aperfeiçoamento em nutrição esportiva pela Feevale;
  • Nutricionista na D’Zorzi – Estética e Saúde;
  • Autora do livro Dieta com Whey Protein.

Posts Relacionados:

6 Comentários

  1. 1

    Excelente matéria, bastante completa e reforça que penso sobre a grande utilidade do whey em nossa vida. Penso que deva ser mais investido a divulgação dos benefícios e quebrar o paradigma que whey é somente para quem frequenta academias.

    • 2

      Exatamente, Paulo! É engraçado quando as pessoas me vêem tomando Whey e me perguntam se estou voltando da academia! Às vezes é pleno Domingo à tarde. Hahaha!

  2. 3

    Sr. Jonatas, boa tarde!

    Vemos muitas matérias e artigos sobre whey protein por toda a internet; todavia há muitas informações difusas e não conclusivas. Pergunto é possível indicar a melhor marca de whey protein do mundo com total insenção, visando apenas o bem estar e resultado de quem consome sem o interesse de quem vende?

    • 4

      Olá Sr. Elias, tudo bom?

      Da mesma maneira que não é possível indicar, por exemplo, o melhor carro do mundo com total isenção também não é possível dizer qual o melhor Whey Protein do mundo. Pois isso depende muito de cada pessoa.

      Mas o que podemos fazer é eleger o melhor Whey Protein para CADA pessoa, de acordo com seus objetivos e seu BOLSO. Esse é exatamente o objetivo do Clube do Whey! Ajudar as pessoas a tomarem a melhor decisão na hora de comprar o seu suplemento.

      Eu escrevi um artigo que pretende dar um pouco de luz nessa questão. Estou escrevendo um e-book para distribuir gratuitamente e inclusive penso em fazer um mini curso para resolver esse problema de uma vez por todas, ajudando as pessoas a escolher o melhor Whey Protein de acordo com suas necessidades.

      Abç,
      Jonatas

  3. 5
    Avatar Luis Theotonio Brito Fontelle

    Caro senhor, tenho 54 anos e venho notando uma diminuição de massa muscular, pois já fui atleta de atletismo amador, por que todo médico e nutricionista que consulto diz que não preciso de suplemento e devo apenas consumir produtos naturais, como batata doce, ovo, frango, etc.?

Deixe uma resposta

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios marcados *

Você pode utilizar os seguintes caracteres HTML e os seguintes atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>